Todo mundo deveria visitar um terreiro
with Nenhum comentário

Publicado em Quarta, 31 Agosto 2016 no Jornal Estadoatual     Por: Érica Araújo Castro / Articulista Jornal Estadoatual Estive em uma casa de Candomblé em uma festa de Omolu, o Orixá que, segundo essa manifestação cultural afro-brasileira, é o senhor da terra, senhor da cura. E saí de lá com a vívida impressão de que todo brasileiro, nem que fosse por um único dia, deveria visitar uma casa desse culto. Ao chegar na rua já fomos recebidos pelo som pulsante dos … leia mais…

Primeiras Jornadas de Etnomusicología em Córdoba 2016
with Nenhum comentário

Primeiros Dias de Etnomusicología – produção e processamento de espaços nos sons tradicionais da América Latina Declarações de interesse educacional pelo Ministério da Educação da Província de Córdoba. –  resolução 490/2016 Auditório Conservatório de Música Felix T. Garzón. Cidade de Artes.UPC Córdoba, 12, 13 e 14 de outubro de 2016 14 DE OUTUBRO 9  hs. Trabalhos de Pesquisa Presentación de Posters y comunicaciones del panel “Música e Religiosidades de Matrizes Africanas e Afrobrasileiras” Moderadores: Elisangela de Jesus Santos / María Cristina Giorgi. … leia mais…

Ogã
with Nenhum comentário

  “OGÃ, Não é apenas aquele que toca os atabaques e canta o candomblé, ele é o homem da casa que zela pelo bem estar do egbé. Dignidade, comprometimentos e seriedade fazem parte do seu caráter. Ser ogã é carrega a responsabilidade ter nascido pai.” Iyalorixá Marlene de Oxalufan

Águas de Oxalá
with Nenhum comentário

Publicado por Por amor ao Orixá no dia 26 de agosto de 2016   “Na casa mãe em Salvador começa o ciclo das Águas de Oxalá. Ase e meu silêncio se inicia.” Iyalorixá Marlene de Oxalufan

Homenagem ao Prof. Dr. Babalorixá José Flávio Pessoa de Barros
with Nenhum comentário

Postado na Fan Page do Facebook Por amor ao Orixá no dia 23 de agosto de 2016       Prof. Dr. Babalorixá José Flávio Pessoa de Barros José Flávio nasceu no Rio em 25 de janeiro de 1943. Era advogado, antropólogo, professor, escritor e sacerdote de culto. Foi autor de obras como Galinha D´angola, Ewé Orixá, Olubajé o Banquete do Rei, A Fogueira de Xangô, entre outros. Foi iniciado por Mãe Nitinha de Oxum há 35 anos atrás. Era descendente portanto … leia mais…

Zara Tempo!
with Nenhum comentário

Publicado por Nossos Ancestrais, no dia 10 de agosto de 2016.   10 de agosto, dia de celebrar o patrono das casas de candomblé de Angola! Zara Tempo! “Tempo não tem casa Tempo mora na rua A morada de Tempo É no clarão da lua “ Foto: Junior Pakapym

Performance de abertura do Lançamento de “Poética na incorporação”
with Nenhum comentário

Publicado por Igor Fagundes no dia 3 de agosto de 2016.   “Apresentação com firmeza e suavidade.” Iyalorixá Marlene de Oxalufan Só um trechinho, de leve, de Tula Pereira como Oxum, na 04, livro e filme de Igor Fagundes, no dia 20/07/2016. O atabaque é com Xandy Carvalho e Imagens de Julius Mack.

Igreja de Sant’Ana é reaberta na Festa à Padroeira
with Nenhum comentário

“Esta igreja tem grande importância na história do candomblé. Nela a fundadora do Ilê Asé Maroialaji – Alaketu, se casou em 1818 e batizou seus filhos carnais. Em 1832 Iyá Nassô, fundadora da Casa Branca Iyá Nassô Oká, se casou na mesma igreja. Sua sucessora, Marcelina Obatossi, bisavó de Mãe Senhora, foi batizada lá em 1824.” Lisa Earl Castillo  Publicado no G1 BA, no dia 18 de julho de 2016  Parte central da Igreja de Sant’Ana é reaberta na festa à padroeira … leia mais…