Igreja de Sant’Ana é reaberta na Festa à Padroeira

with Nenhum comentário

“Esta igreja tem grande importância na história do candomblé. Nela a fundadora do Ilê Asé Maroialaji – Alaketu, se casou em 1818 e batizou seus filhos carnais. Em 1832 Iyá Nassô, fundadora da Casa Branca Iyá Nassô Oká, se casou na mesma igreja. Sua sucessora, Marcelina Obatossi, bisavó de Mãe Senhora, foi batizada lá em 1824.”

Lisa Earl Castillo 

Publicado no G1 BA, no dia 18 de julho de 2016 

Parte central da Igreja de Sant’Ana é reaberta na festa à padroeira

Templo religioso fica no bairro de Nazaré, centro de Salvador.
Tríduo será realizado entre os dias 23 e 25 de julho

 

Igreja de Sant'Ana, em Salvador (Foto: Henrique Mendes / G1)
Igreja de Sant’Ana, em Salvador (Foto: Henrique Mendes / G1)

 

A parte central da Igreja do Santíssimo Sacramento e Sant’Ana, no bairro de Nazaré, será reaberta durante os festejos que celebram a padroeira neste mês de julho. Este ano, os fiéis e párocos voltam a conferir as missas na chamada “nave central” da igreja, após cerca de oito anos de obras de restauração no local. Antes disso, os párocos haviam organizado um local menor na igreja para a realização de missas.

Os festejos à santa começam com o pré-tríduo, na quarta-feira (20), com missas, recitação de terços e procissões. Já as missas dentro da igreja, só serão realizadas a partir do dia 23 de julho, quando começa o tríduo. No dia 26, dia dedicado à padroeira Senhora Sant’Ana, acontecerão missas a partir das 6h, e às 19h30 será realizada a última missa, presidida por Dom Murilo Krieger.

 

Confira programção do pré-tríduo entre os dias 20 e 22 de julho:

20/07 (quarta-feira)
19h15 – Recitação do santo terço no edifício Larissa, localizado no Boulevard América, 34, Jardim Baiano, no bairro de Nazaré.
20h – Celebração da santa missa no edifício Larissa seguida de procissão, para o edifício Manoel Fonseca, localizado na Rua Arquimedes Gonçalves, também no Jardim Baiano.

21/07 (quinta-feira)
19h15 – Recitação do Santo Terço no edifício Manoel Fonseca.
20h –  Celebração de missa no edifício Manoel Fonseca, seguida de procissão para o edifício Rosemar na Rua Arquimedes Gonçalves, no Jardim Baiano.

22/07 (sexta-feira)
19h15 – Recitação do Santo Terço no edifício Rosemar
20h –  Celebração de missa no edifício Rosemar. A imagem de Sant’Ana será levada de carro para a paróquia da padroeira na manhã de sábado (23) por moradores do edifício Rosemar.

Tríduo entre os dias 23 e 25 de julho – todos os eventos serão na igreja da matriz de Sant’Ana, no bairro de Nazaré

23/07 (sábado)
8h30 –  Missa dedicada aos idosos e doentes com administração do Sacramento da Unção dos enfermos
Tema da noite: “Sant’Ana,uma avó misericordiosa abre o coração”
18h – Recitação do Santo Terço
18h30 –  Missa e reflexão do tema da noite

24/07 (domingo)
7h30 – Missa paroquial
9h30 – Celebração da festa das crianças à Senhora Sant’Ana
Tema da noite: “A paróquia como lugar privilegiado para experimentar a misericórdia”
18h – Recitação do Santo Terço
18h30 –  Missa e reflexão do tema da noite

25/07 (segunda-feira)
10h – Missa especial para os estudantes dos Colégios Santa Clara e Francisco de Assis
Tema da noite: “Misericórdia: ato supremo pelo qual Deus vem ao nosso encontro”
19h – Recitação do Santo Terço
19h30 –  Missa e reflexão do tema da noite

Dia dedicado à padroeira Senhora Sant’Ana
26/07 (terça-feira)
6h –  Alvorada festiva com toque de sinos e queima de fogos
6h30 –  Santa missa às religiosas do Convento Santa Clara do Desterro, às Irmãs Capuchinhas, pelos paroquianos falecidos e demais devotos.
8h –  Missa aos paroquianos da Vitória
9h30 –  Missa dedicada aos fundadores e irmãos falecidos da irmandade do Santíssimo Sacramento, às devotas da Legião de Maria, da Mãe Rainha e integrantes do Apostolado da Oração.
11h30 –  Missa dedicada aos moradores, comerciantes da Baixa dos Sapateiros e ruas adjacentes à Igreja de Sant’Ana.
17h –  recitação do terço
19h30 –  missa solene de encerramento com o bispo de Salvador da Bahia e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger

 

Igreja de Sant'Ana, em Salvador (Foto: Henrique Mendes / G1)
Igreja de Sant’Ana, em Salvador (Foto: Henrique Mendes / G1)

 

 

Deixe uma resposta