Grande Perda

with Nenhum comentário

Matéria publicada no site do Correio I O que a Bahia quer saber no dia 8 de abril de 2017.

Morre aos 84 anos Mãe Tieta de Iemanjá, do terreiro da Casa Branca

Mãe Tieta era iniciada há mais de 70 anos e foi vítima de uma pneumonia

O candomblé baiano perdeu uma de suas ilustres representantes. A mãe pequena do terreiro de candomblé Ilê Axé Iyá Nassô – a Casa Branca do Engenho Velho -, Antonieta de Anunciação Matos, faleceu no final da noite deste sábado (8). Mãe Tieta de Iemanjá, como era conhecida, era Ya Kekere do terreiro da Casa Branca, o mais antigo de tradição kêtu do Brasil.

Mãe Tieta tinha 84 anos e foi vítima de uma pneumonia. Ela tinha mais de 70 anos de iniciação no candomblé, onde chegou pelas mãos da mãe de santo Maximiana Maria da Conceição, a Tia Massi. Natural de Salvador, Mãe Tieta tinha uma filha de sangue, mas era conhecida no Brasil, sobretudo pela quantidade de filhos espirituais.

Além disso, a mãe pequena também era conhecida por ser uma das grandes intérpretes de cantigas do candomblé e por contar histórias da religião. O sepultamento de Mãe Tieta acontece neste domingo, às 16h, no Cemitério do Campo Santo, em Salvador.

Deixe uma resposta