O Tempo do tempo – depoimento de, Egbonmi Cidália Soledade de Iroko
with 1 comentário

O Tempo do tempo   Egbonmi Cidália de Iroko Um grande depoimento de um ícone do candomblé Egbonmi Cidália Soledade de Iroko, vale a pena conhecer um pouco da sua história, ainda menina foi consagrada ao orixá Iroko pelas Mãos de Menininha do Gantois, senhora de grande saber, faleceu aos seus 82 anos de idade considerada uma Enciclopédia do Candomblé por muitos Antropólogos e Sacerdotes da Religião Afro Brasileira. Fonte: Nos transatlânticos

Muitas Saudades !!!
with Nenhum comentário

“Parabéns onde quer que o Senhor esteja. O sol nasceu com o brilho e a suavidade para que acreditemos na sua energia perto de todos nós seus filhos, amigos e parentes. Sua benção Meu Pai José Flavio de Oguiã.” Iyalorixá Marlene de Oxalufan

Fotos do Espetáculo: “Lembranças Memoráveis: Identidade, Raiz e Pertencimento”
with Nenhum comentário

Espetáculo Lembranças Memoráveis, memorial de conclusão de curso em bacharelado em Dança na UFRJ de Luana Gomes Domingos em parceria com o PADE UFRJ.  Apresentado no dia 21 de dezembro de 2016. Fotos: Julius Mack e Victor Cantuaria. Músicos: Xandy Carvalho, Marco Antonio De Oliveira Felippe, André Vinicius e Victor H S Garcia. Intérpretes-criadoras: Luana Domingos, Ivy Brum, Joy Pitz, Regina Ferreira, Gabriela Presgrave e Simonne Alves. Participação especial: Maria da Penha. Produção: Mayara de Assis, Mariana Callegario, Henrique Bellas, Marcele Oliveira, … leia mais…

Oxum – Rainha das Cachoeiras
with Nenhum comentário

“Hoje ela chegou assim… Presenteando uma quinta-feira de caçadores Exu assobiou e foi na frente anunciar. Ogún, o senhor ferreiro, abriu caminhos pra ela passar. Oxóssi flechou, Logun brincou, Oxumarê serpentiou. O sorriso de Oyá, uma alegria denunciou. Nanã com flores, o ambiente enfeitou. Omolu trouxe seu banquete preparado. Iemanjá com contas de cristal, ficou tudo iluminado. Babá Lufan, de longe a observar Mulher bonita de jeito sereno, trazendo encanto no olhar Xangô feliz a admirar o seu kekê… Ela … leia mais…

Oya – A Grande Guerreira
with Nenhum comentário

“Ontem de acordo com o sincretismo entre a igreja e os escravos.. foi dia de Santa Bárbara… uma moça jovem.. guerreira que carrega em si uma espada… uma enorme espada. Ela fugiu da morte graças a um raio. Oya a grande guerreira.. a mãe tão cuidadosa.. que se transforma em búfalo para proteger os que ama. peço humildemente que a minha mãe nunca tire a nossa casa da tempestade.. dos raios e trovões… que a cada dia o nosso axé … leia mais…

Fotos do I Encontro do projeto Mulheres Ao Vento
with Nenhum comentário

No Encerramento do I Encontro do projeto Mulheres Ao Vento, projeto incrível das talentosas Simonne Alves e Andreza Jorge com mulheres da comunidade da Maré, o PADE esteve presente com uma roda de danças populares. Fotos: PADE- UFRJ Fotos : Thais Alvarenga        

As Águas continuam
with Nenhum comentário

“E as águas continuam acontecendo em Salvador…”

Águas de Oxalá
with Nenhum comentário

Publicado por Por amor ao Orixá no dia 26 de agosto de 2016   “Na casa mãe em Salvador começa o ciclo das Águas de Oxalá. Ase e meu silêncio se inicia.” Iyalorixá Marlene de Oxalufan

Zara Tempo!
with Nenhum comentário

Publicado por Nossos Ancestrais, no dia 10 de agosto de 2016.   10 de agosto, dia de celebrar o patrono das casas de candomblé de Angola! Zara Tempo! “Tempo não tem casa Tempo mora na rua A morada de Tempo É no clarão da lua “ Foto: Junior Pakapym

1 2 3 4 5 6