Todo mundo deveria visitar um terreiro
with Nenhum comentário

Publicado em Quarta, 31 Agosto 2016 no Jornal Estadoatual     Por: Érica Araújo Castro / Articulista Jornal Estadoatual Estive em uma casa de Candomblé em uma festa de Omolu, o Orixá que, segundo essa manifestação cultural afro-brasileira, é o senhor da terra, senhor da cura. E saí de lá com a vívida impressão de que todo brasileiro, nem que fosse por um único dia, deveria visitar uma casa desse culto. Ao chegar na rua já fomos recebidos pelo som pulsante dos … leia mais…

Ogã
with Nenhum comentário

  “OGÃ, Não é apenas aquele que toca os atabaques e canta o candomblé, ele é o homem da casa que zela pelo bem estar do egbé. Dignidade, comprometimentos e seriedade fazem parte do seu caráter. Ser ogã é carrega a responsabilidade ter nascido pai.” Iyalorixá Marlene de Oxalufan

Águas de Oxalá
with Nenhum comentário

Publicado por Por amor ao Orixá no dia 26 de agosto de 2016   “Na casa mãe em Salvador começa o ciclo das Águas de Oxalá. Ase e meu silêncio se inicia.” Iyalorixá Marlene de Oxalufan

Homenagem ao Prof. Dr. Babalorixá José Flávio Pessoa de Barros
with Nenhum comentário

Postado na Fan Page do Facebook Por amor ao Orixá no dia 23 de agosto de 2016       Prof. Dr. Babalorixá José Flávio Pessoa de Barros José Flávio nasceu no Rio em 25 de janeiro de 1943. Era advogado, antropólogo, professor, escritor e sacerdote de culto. Foi autor de obras como Galinha D´angola, Ewé Orixá, Olubajé o Banquete do Rei, A Fogueira de Xangô, entre outros. Foi iniciado por Mãe Nitinha de Oxum há 35 anos atrás. Era descendente portanto … leia mais…

Zara Tempo!
with Nenhum comentário

Publicado por Nossos Ancestrais, no dia 10 de agosto de 2016.   10 de agosto, dia de celebrar o patrono das casas de candomblé de Angola! Zara Tempo! “Tempo não tem casa Tempo mora na rua A morada de Tempo É no clarão da lua “ Foto: Junior Pakapym

Performance de abertura do Lançamento de “Poética na incorporação”
with Nenhum comentário

Publicado por Igor Fagundes no dia 3 de agosto de 2016.   “Apresentação com firmeza e suavidade.” Iyalorixá Marlene de Oxalufan Só um trechinho, de leve, de Tula Pereira como Oxum, na 04, livro e filme de Igor Fagundes, no dia 20/07/2016. O atabaque é com Xandy Carvalho e Imagens de Julius Mack.

Igreja de Sant’Ana é reaberta na Festa à Padroeira
with Nenhum comentário

“Esta igreja tem grande importância na história do candomblé. Nela a fundadora do Ilê Asé Maroialaji – Alaketu, se casou em 1818 e batizou seus filhos carnais. Em 1832 Iyá Nassô, fundadora da Casa Branca Iyá Nassô Oká, se casou na mesma igreja. Sua sucessora, Marcelina Obatossi, bisavó de Mãe Senhora, foi batizada lá em 1824.” Lisa Earl Castillo  Publicado no G1 BA, no dia 18 de julho de 2016  Parte central da Igreja de Sant’Ana é reaberta na festa à padroeira … leia mais…

Benção para todas as Ekédjis…
with Nenhum comentário

Postado por Ogan Marcio Jamaica Ritimo Forte no dia 6 de abril de 2016.   Sobre Ekedji “Sem Ekedji não se faz Candomblé…. Ekedji trabalha. Ekedji vive para o Orixá. Ekedji é amada nao por um Orixá, mas por todos. Orixá quando escolhe sua Ekedji bate cabeça para ela. Por seu esforço essas mulheres recebem honrarias vindas dos Reis do Orum. Ekedji, Exú lhe deu o a autoridade. Ekedji, Ogum lhe deu a honra de segurar sua espada. Ekedji, Oxóssi lhe … leia mais…

Tudo tem um significado é um porque…
with Nenhum comentário

Publicado por Fernando Lima no dia 9 de julho de 2016     O que significa o Opasòró? Em sua etimologia a palavra Opasòró nasce da junção de Opá (haste/ cajado) e oro (segredo), logo seria o cajado do segredo. Essa ferramenta não possui apenas um significado, mas sim vários e existem diversos modelos. Pode ser confeccionado em madeira ou metal prateado. O primeiro é a utilização de tal ferramenta como haste de apoio e é utilizado por Osáàlufon, pois funciona como … leia mais…

Mensagem de Iyalorixá
with Nenhum comentário

“Meus respeitos ao povo de Oyo que nos deixou esse legado. Hoje também é dia de pedir a benção para as três princesas e a todas aquelas ensinaram e ensinam através de seus relatos a história dos nossos ancestrais. Reflexão para se ter no dia consagrado ao Pai de todos. “ Iyalorixá Marlene de Oxalufan  

Yao Antigo x Yao Moderno
with Nenhum comentário

Para refletirmos um pouco… “As exceções são pouquíssimas nos tempos modernos por conta de trabalho e só de trabalho. Outras nem no trabalho podem ser abolidas “tipo” usar preto, vermelho,roupa escura e coloridos berrantes. Existem instituições que dentro dos estatutos das mesmas normas devem ser cumpridas independente de credo. Como por exemplo cobrir a cabeça estabelecimento. Neste cabe o bom senso para que o Yao tenha uma dispensa ou só aparecer com máquina 3 para exercer suas funções no trabalho. … leia mais…

A Fogueira de Xangô – O Orixá do Fogo
with Nenhum comentário

Texto divulgado no Facebook por Guerreiro Funfun Elejigbô no dia 24 de junho de 2016 Prezados Irmãos, Respeitando o sincretismo que ainda é muito presente nas religiões de matriz africana e afro-brasileira, bem como respeitando a fé e a tradição dos nossos antepassados, pelo mês de junho, onde a maioria dos terreiros fazem suas homenagens e louvação ao Rei Xangô, segue a nossa homenagem. Kolofé irmãos, axé! Segundo a mitologia africana o orixá Xangô (Sàngó – o deus do trovão) teria … leia mais…

1 2 3 4 5 6 7