Renascimento
with Nenhum comentário

  “Deitei para que meu orixá levantasse. Dormir para que meu orixá acordasse. Sonhei para que meu orixá realizasse. Acordei para que meu orixá mostrasse. Sorri para que meu orixá não chorasse. Morrer para o mundo é deixar o orixá vivo dentro de si.” ( YáNyrê )